Casa Brayner

O partido geral desta casa tem a composição de dois cubos opostos, em todos os sentidos, em uma dualidade equilibrada de contrastes, como no yin e yang.

 

Uma caixa é preta, a outra branca. Uma é lisa, a outra rugosa, como a vida de todos nós, essa casa é um conjunto infindável de antonímias, que em conjunto, constituem o mar de complexidade que vivenciamos. Esta casa é uma ode ao pluralismo e ao equilíbrio de contrastes.

Mais

a R Q U I T e T U R a  S I G N   C O N C I T O

© 2018    LIVRE ARQUITETURA

1